Conecte-se Conosco
 

 

Tocantins

TOCANTINS – Sintras e demais entidades solicitam Governo Estadual que retire da Assembleia PEC da reforma da previdência e abertura de dialogo com sindicatos

Publicado

em

Sintras e demais entidades sindicais solicitam, através de ofício, que Governador Wanderlei Barbosa retire a PEC n°2 da tramitação da Assembleia Legislativa! - Foto: Sintras-TO

PALMAS – O SINTRAS-TO (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Tocantins) e demais entidades sindicais solicitaram nesta segunda-feira (12) retirada da pauta de discussão da Assembleia legislativa do Tocantins a proposta de emenda constitucional nº 2, de 6 de dezembro de 2022, que propõe reforma da previdência dos servidores públicos do Estado.

A solicitação foi encaminhada através do ofício de nº 341/2022. E ainda requer a abertura do canal de negociação.

ASSEMBLEIA

Juntamente com o Sintras, entidades sindicais estiveram reunidas na manhã desta segunda-feira (12) na assembleia legislativa para discutir estratégias de ação para que a PEC não seja aprovada e deliberar mobilização junto a categoria.

Juntamente com o Sintras, todas as entidades sindicais que defendem os servidores estaduais, estiveram reunidas na segunda-feira (12) no plenário da assembleia legislativa para discutir estratégias de ação para que a PEC não seja aprovada e deliberar mobilização junto as categorias.

Segundo a PEC nº 02, as alterações no regime previdenciário do Tocantins destinam a preservação do equilíbrio financeiro e atuarial. Para o sindicato ela vem para furtar direitos dos servidores ao requerer sua aposentadoria.

“Ela traz risco de perda nos valores de contribuições de anos. Já estou convocando a categoria para estar mobilizada e em estado de greve. Não podemos deixar que a PEC nº 2 seja aprovada.”, ressalta Manoel Pereira de Miranda presidente do Sintras-TO.

Miranda ainda diz a categoria está estarrecida e incrédula com a proposta do governo enviada para a AL sem consultar e nem debater com a classe representativa dos servidores. E que vai buscar apoio dos deputados para que essa PEC não seja aprovada.

Regras da PEC nº 2

A proposta traz para o homem requerer sua aposentadora a partir dos 65 anos, e não mais com 60 anos; as mulheres com 62 anos, e não mais com 55 anos, entras outras novas regras.

Na manhã desta terça-feira, 13 de dezembro, o Presidente Manoel Pereira de Miranda junto a demais entidades sindicais, estiveram presentes no IGEPREV discutindo sobre a PEC n°2.

Publicidade    
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TENDÊNCIA