Conecte-se Conosco
   

Política

Tocantins contará com o efetivo de 4,5 mil agentes de segurança durante as eleições de 02 de outubro

Publicado

em

Cerca de 10 instituições atuam em parceria com o Gabinete de Segurança Institucional do TRE-TO. - Foto: Ascom TRE-TO

ELEIÇÕES 2022 – Visando assegurar a normalidade e a tranquilidade das eleições, o Gabinete de Segurança Institucional do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) vem trabalhando uma agenda de atuação em parceria com cerca de 10 instituições públicas de segurança. Uma reunião de alinhamento foi realizada no inicio semana (26) com os representantes das forças de segurança do Estado para tratar das ações que serão desenvolvidas por aproximadamente 4.500 pessoas que compõem o efetivo que vai atuar em parceria com a Justiça Eleitoral durante as Eleições Gerais de 2022.

Durante o encontro, o presidente do TRE-TO, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, reforçou a importância do trabalho das forças de segurança na garantia do direito ao voto a todas as eleitoras e eleitores tocantinenses e destacou a tranquilidade que a atuação dos parceiros traz para o pleito. “Temos um histórico de eleições pacíficas no Tocantins e a nossa expectativa é que continue ocorrendo eleições com paz e harmonia; nossos mesários estão orientados a agirem com a máxima delicadeza e educação para que o eleitor não sinta-se intimidado no seu direito de ir votar e que possa retornar em paz e tranquilidade. Esse objetivo é um princípio eleitoral tradicional da nossa doutrina eleitoral e constitucional”, destacou.

Fazem parte do GSI representantes do Ministério Público Federal, Ministério Público do Estado do Tocantins, Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência, Secretaria de Segurança Pública Estado do Tocantins e Secretaria da Cidadania e Justiça do Estado do Tocantins. “Nossa preocupação em chamar as forças de segurança é para, juntamente conosco, prestar serviço relevante aos eleitores; para que tenhamos eleições limpas e seguras, e contamos com a colaboração de sempre das forças de segurança para que o TRE possa prestar aos eleitores tudo aquilo que for necessário para que livres possam exercer o direito de voto”, frisou o Juiz José Maria Lima, Presidente do GSI.

Cooperação

Ainda neste mês de setembro um Termo de Cooperação será assinado entre o TRE-TO e as forças de segurança. O documento oficializa uma parceria entre as instituições como mecanismo de prevenção e de enfrentamento a atos de violência político-partidária que possam colocar em risco a normalidade do processo eleitoral.

Presentes

Participaram da reunião nesta segunda-feira o Procurador Regional Eleitoral, João Gustavo de Almeida Seixas; o juiz José Ribamar Mendes Júnior, membro da Comissão Permanente de Segurança do TRE-TO; o comandante do 22º Batalhão de Infantaria/Exército, coronel Adenir Fernandes Nogueira; o delegado da Polícia Federal, Marcelo Dutra; o agente da Polícia Rodoviária Federal, Márcio Rezende; o superintendente da ABIN, Renato Nepomuceno; o Coronel da Polícia Militar, Marizon Marques; a Tenente-Coronel do Corpo de Bombeiros, Andreya Bueno; o delegado da Polícia Civil, Jéter Rodrigues; o agente da Polícia Penal/Sec. de Cidadania e Justiça, Cleiton Arantes; o diretor-geral do TRE-TO, José Machado dos Santos; e o agente de Polícia Judicial do TRE-TO, Marcos Leôncio. (Gilsiandry Carvalho – ASCOM TRE-TO)

Publicidade    
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TENDÊNCIA