Conecte-se Conosco
 

 

Política

Ao lado de Josi, Valdonio, Amastha e Stival Dimas faz compromissos com Gurupi

Publicado

em

Prefeita de Gurupi montou extensa agenda para candidato na cidade; Amastha participa de atividades e reforça importância de eleger aliado - Fotos: Divulgação

O candidato a governador Ronaldo Dimas (PL-MDB-Podemos) reafirmou, nesta quinta-feira, 15 de setembro, compromissos assumidos com Gurupi, lamentou o fracasso do governo do Estado nas quatro áreas vitais e destacou que um dos motivos para tantas falhas deve ser a corrupção na administração tocantinense. Respaldado e acompanhado pela prefeita Josi Nunes, Dimas teve extensa agenda na cidade, a terceira maior do Estado.

Com compromissos sucessivos, o candidato visitou o Mercado Público, a Feira do Produtor, o comitê do aliado e candidato a deputado federal Kita Maciel (Podemos), uma indústria, concedeu entrevista de rádio, teve uma grande reunião na casa do suplente de vereador Zezinho Antunes e encerrou à noite com um comício nas Malvinas. Toda a agenda contou com a organização e presença da prefeita.

Durante as reuniões e também na entrevista, Dimas reforçou compromissos importantes com Gurupi que já haviam sido apresentados na campanha: ajudar a cidade a construir um grande parque urbano e concluir a obra do Hospital Regional, transformando-o em hospital universitário a ser administrado pela Unirg. “Podem ter certeza que Gurupi terá todos os benefícios que merece e além do que merece”, garantiu Dimas, após ouvir em todos os encontros que a cidade foi abandonada pela gestão estadual.

Sobre o parque urbano, Dimas destacou que é uma obra muito necessária, que muda a cara da cidade, dando autoestima a todos moradores. “A cidade precisa ter os serviços funcionando e tem que ter lazer de qualidade”, ressaltou, ao destacar que esse tipo de obra foi fundamental no processo de transformação de Araguaína.

Já em relação ao hospital universitário, Dimas explicou que isso qualifica o estabelecimento de saúde, pois coloca profissionais de primeira linha para o atendimento, e amplia a possibilidade de receita. “Além dos recursos já enviados pelo Ministério da Saúde, o hospital recebe 25% a mais via Ministério da Educação, o dá condições de prestar um serviço ainda melhor”, ressaltou.

Áreas vitais: fracasso em todas as frentes
Dimas lamentou a situação do governo do Estado que fracassa nas áreas vitais e básicas: saúde, educação, segurança pública e infraestrutura (rodovias). Na educação, ele lembrou que a nota do Ideb do ensino médio, responsabilidade estadual, está muito abaixo da meta. Na segurança pública, há cerca de 70 cidades sem um policial militar sequer e o déficit ultrapassa os 3 mil policiais. Na infraestrutura, existem 4 mil quilômetros de rodovias estaduais precisando de restauração completa. Para todos os casos, o candidato apontou soluções.

Sobre a saúde, Dimas criticou a falência do atendimento, destacou que o Tocantins tem 47 hospitais públicos que poderiam funcionar de forma coordenada e planejada, evitando a superlotação dos hospitais. Ele também apontou a possível corrupção como um problema grave para área, lembrando que o governo tampão de Wanderlei Barbosa já foi alvo de sete operações policiais, sendo a última por suspeita de desvios de quase R$ 50 milhões em serviços de manutenção de saúde.

“O senhor tampão tem uma dinheirama extraordinária de mais de R$ 1 bilhão por mês para administrar tudo fruto dos nossos impostos. Nós todos pagamos impostos a todos momentos e vamos escolher o governador que vai cuidar do nosso dinheiro”, ressaltou, ao frisar que a corrupção precisa ser varrida do Palácio Araguaia.

Toda a agenda foi feita em parceria com Josi Nunes. Amastha também participou dos eventos. Dimas, nos encontros, ainda fez questão de pedir votos para Kita Maciel.
Publicidade    
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TENDÊNCIA