Conecte-se Conosco
 

 

Notícias

EDUCAÇÃO – Em menos de um mês, SEDUC-TO inaugura obra de reforma em mais uma unidade de ensino na Ilha do Bananal

Publicado

em

A unidade de ensino possui 288 estudantes matriculados no ensino fundamental e no ensino médio - Fotos: Hênio José/Governo do Tocantins

ILHA DO BANANAL-TO – Com foco no aperfeiçoamento da estrutura educacional indígena, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) tem investido em melhorias. Nessa quarta-feira, 14, foi entregue a reforma da Escola Estadual Indígena Kumanã, da Aldeia Fontoura, na região da Ilha do Bananal.

Ao todo, foram investidos R$ 850.228,4 na reforma geral, incluindo cobertura, rede elétrica, hidráulica, esquadrias e pintura geral. A unidade de ensino possui 288 estudantes matriculados no ensino fundamental e no ensino médio.

O secretário executivo da Seduc, professor Edinho Fernandes, destacou que a Pasta trabalha com um planejamento estratégico voltado para as escolas indígenas. “Estamos com um planejamento de obras para 76 escolas Indígenas, para este ano. Algumas entregues, outras em andamento e, ainda em processo de licitação. São cerca de R$ 9 milhões de investimentos previstos”, explicou.

Secretário executivo da Seduc, Edinho Fernandes, destacou que a Pasta trabalha com um planejamento estratégico voltado para as escolas indígenas – Fotos: Hênio José/Governo do Tocantins

Harianawi Karajá, 19 anos, aluna da 2ª série do ensino médio, também comemorou o resultado da reforma. “Ficou muito bom depois que reformou, gostei do resultado da escola, da pintura nas salas de aulas, nos banheiros, das cadeiras novas, de tudo. A escola estava com uma estrutura ruim, agora está muito bonita”, ressaltou.

Harianawi Karajá, 19 anos, aluna da 2ª série do ensino médio, também comemorou o resultado da reforma – Fotos: Hênio José/Governo do Tocantins

O estudante Waisariri Javaé, 17 anos, do 9° ano destacou as mudanças que observou na escola. “Fiquei muito feliz com o resultado. Ficou com uma cara nova, bonita. As carteiras são novas, os móveis são novos. Gostei bastante do resultado dessa reforma que foi feita”, pontuou.

Waisariri Javaé, 17 anos, do 9° ano ficou feliz com a reforma

O cacique Isaac Waxiô Karajá, guardião das tradições dos povos destacou que o momento é de gratidão.  “Estamos felizes, a escola é muito importante para nossa comunidade, ajuda muito o nosso povo. Estamos gratos por essa conquista”, disse.

O cacique Isaac Waxiô Karajá, guardião das tradições dos povos destacou que o momento é de gratidão.

Além da reforma da estrutura, a unidade de ensino receberá 125 novos equipamentos educacionais, dentre eles, conjuntos de mesas e cadeiras para professores, conjunto de mesas e cadeiras para alunos, longarina executiva, arquivos de aço, cadeiras giratórias com braço e mesas individuais, mobília que proporcionará mais conforto e comodidade para alunos e servidores.

No dia 18 de agosto, a Seduc entregou as obras de reforma da Escola Estadual Indígena Maluá, na aldeia Santa Isabel. Com um investimento de R$ 826.478,00 a unidade de ensino também foi totalmente revitalizada e recebeu mobiliários novos, garantindo espaços adequados para o ensino e a aprendizagem dos alunos.

Escola Estadual Indígena Kumanã

Fundada em 1965 pelos missionários adventistas, a Escola Estadual Indígena Kumanã inicialmente denominada de Escola Warihy (pronuncia-se Warirran), em homenagem ao Cacique e grande liderança, mais conhecido como “Capitão Pereira”.

Em 1973, a Fundação Nacional do Índio (Funai) assumiu a responsabilidade de gerir a educação indígena e a unidade de ensino passou a se chamar Wadjurema (Wadiurema). Mais tarde, com a criação do Estado do Tocantins tornou-se Escola Estadual Indígena Kumanã, em homenagem ao cacique mais velho, que foi o responsável pela mudança definitiva do povo Karajá para o local onde se encontra até hoje.

Educação Indígena

Atualmente, o Estado possui 95 escolas indígenas e 23 extensões com um total de 8.056 estudantes indígenas e 549 professores, destes profissionais, 334 são indígenas.

Publicidade    
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TENDÊNCIA